Tuna "OS MEUS AMORES"

 

 

Desde a data da fundação – 1996 (iniciativa do Professor Doutor Jacinto Galvão) que a Tuna “Os Meus Amores” do Agrupamento de Escolas de Mogadouro tem vindo a conquistar o seu espaço na Comunidade Educativa e nos Mogadourenses.

A Tuna é o reflexo de um grupo de estudantes que partilha o gosto pela música. Dedicam incansavelmente parte do seu tempo a espalhar música e alegria e a contagiar as pessoas que os ouvem com um espírito único, intrínseco e reconhecido.

A confirmá-lo existe o querer de cerca de trinta jovens, que com a sua dedicação prestigiam o Agrupamento cujo nome glorioso figura na sua bandeira, despertando junto do público o interesse que, quase sempre, consegue seduzir. Este é o lado francamente positivo e que só por si justifica a sua existência: um mensageiro, um elo para manter bem viva a fogueira da saudade que arde no peito daqueles que um dia tiveram a honra de a fazer ouvir, ou mesmo, de a cantarolar.

 

A história da Tuna “Os Meus Amores” não se resume a uma simples enumeração de acontecimentos; é também, e sobretudo, um conjunto de ligações e afetividades que se criam entre pessoas, lugares e até objetos. Mais importante que os prémios alcançados, são os laços de amizade cimentados no seio da Tuna e entre todos aqueles que, de uma forma ou outra, com ela se relacionam. Ao longo destes dois anos, todos os seus elementos foram estabelecendo e fortificando um espírito único, que só a vivência na Tuna pode proporcionar, conquistando cada vez mais alunos, jovens iniciantes levando-os a participar e ajudando-os a crescer.

Atualmente, a Tuna conta já com cerca de sete novos tunos, que por iniciativa se juntaram aos demais.

Partilhando o gosto pelo canto, pelo trinar das cordas e os rufos das pandeiretas, com as capas mais envelhecidas a Tuna orgulha-se de representar e elevar bem alto o nome do nosso querido Agrupamento.

Muitas são já as atuações deste grupo de tunantes ao longo do primeiro período do presente ano letivo, que não deixam ninguém indiferente! Estas têm sido pautadas pela boa disposição, não só no seu interior, mas também com alguns quilómetros percorridos “pelos caminhos do Norte de Portugal”:

- foi a oito de Setembro que abrilhantaram o jantar de centenas de professores, e outros, do “II Encontro de Boas Práticas” do CFAEBN, no Teatro Municipal de Bragança; 

- a vinte e três de novembro encantaram os participantes do seminário “Promoção do Sucesso Educativo”, no auditório da Universidade Católica do Porto;

- no dia vinte e seis de novembro cantaram e encantaram na abertura do 10.º Festival de tunas “Santa Ana” na Casa da Cultura de Mogadouro;

- também no dia dezasseis de dezembro, (último dia de aulas do 1.º período) musicaram cânticos de Natal pelos diversos espaços da Escola sede do Agrupamento.

- mais uma vez marcaram presença na festa "cantar os Reis", na casa da cultura de Mogadouro colaborando com outros grupos de cantares. O evento decorreu no dia 7 de janeiro de 2017.

Todas as quintas-feiras estes Amores se reúnem, ao último tempo da tarde, para partilharem da boa disposição e do gosto que os une, como forma de ampliar e diversificar o leque de situações para desenvolvimento de competências.

Tal como tantos outros, também estes jovens orgulham quem trabalha com eles e quem os ouve.

Se só agora descobriste que também tens talento para a música, junta-te a eles.

          Parafraseando C.S. Lewis Nunca é tarde para ter um novo objetivo ou sonhar um sonho novo”.

 
 

                                                                                                                                                                                                                      Anterior